D.P.V.A.T

Seguro D.P.V.A.T

Acidentes cobertos

Estão cobertos acidentes de trânsito ocorridos nos últimos 3 anos, envolvendo veículo automotor de via terrestre (*), que tenham causado morte, invalidez permanente ou despesas médico-hospitalares.

(*) É aquele que tem motor próprio e roda em terra ou asfalto, ou seja, é um carro de passeio, caminhão, ônibus, micro-ônibus ou trator. Lembre-se: trens, bicicletas e barcos não se enquadram como veículo automotor de via terrestre.

Quem recebe e quanto

Cobertura Quem tem direito (beneficiários) Valores de indenização
Morte
Invalidez permanente
Despesas médico-hospitalares
Familiares ou herdeiros legais
Somente o próprio acidentado
Somente o próprio acidentado
R$ 13.500,00 por acidentado(1)
até R$ 13.500,00 por acidentado(2)
até R$ 2.700,00 por acidentado(3)
(1) Estes valores não são divididos entre as vítimas do mesmo acidente. São pagos individualmente
(2) O valor da indenização de invalidez permanente varia conforme a gravidez da lesão
(3) O valor do reembolso médico-hospitalar varia conforme o total de despesas comprovadas

Prazo para fazer o pedido

O prazo para fazer o pedido de indenização é de 3 anos a contar da data do acidente.

Dicas para receber mais rápido

Acompanhe de perto o andamento do seu pedido de indenização pelo Site DPVAT ou pelo SAC 0800 022 1204. Nestes canais você recebe informações seguras sobre todas as etapas de análise do pedido até o recebimento da indenização.

Como evitar o golpe do DPVAT

  • · O pedido de indenização do Seguro DPVAT não deve ser entregue a terceiros. Ele deve ser aberto e acompanhado diretamente por quem tem direito à indenização.
  • Pedir, acompanhar e receber a indenização do DPVAT são serviços gratuitos. Não abra mão de parte da indenização pagando desnecessariamente comissões ou honorários a terceiros.
  • A indenização do DPVAT é liberada em até 30 dias quando o pedido é feito nos pontos de atendimento autorizados. Fique atento: pedidos feitos na justiça levam anos para ser liberados.

Fonte: http://www.dpvatseguro.com.br/pedido-de-indenizacao.aspx

Quero pedir indenização do Seguro DPVAT. Como faço?

  1. Identifique a lista de documentos da cobertura adequada ao seu caso. Existem 3 listas de documentos: morte, invalidez permanente e despesas médico-hospitalares. Todas disponíveis neste site.

    2. Apresente a documentação necessária em um ponto de atendimento autorizado. Os endereços desses locais você encontra aqui também, no site oficial do Seguro DPVAT.

Em caso de dúvida, recorra a quem entende. Fuja dos aproveitadores, exija serviços gratuitos e proteja os seus direitos. Lembre-se: nos canais do nosso Fale Conosco você recebe sempre informações atualizadas e oficiais.

 Documentos Necessários

 Registro da Ocorrência- B.O(DELEGACIA), expedido pela autoridade policial competente, em original ou fotocópia autenticada, frente e verso;

 -Laudo do Instituto Médico Legal – IML, da localidade em que ocorreu o acidente, determinando e quantificando a extensão das lesões físicas ou psíquicas da vítima ou

  –Atestado de Óbito, em caso de morte(Cartório municipal de notas );

 -Documentos comprobatórios de gastos hospitalares e com medicamentos(HOSPITAL E FARMÁCIA);

 -Carteira de Identidade / RG(prefeituras, Casa da Cidadania, Secretarias de Segurança) da vítima, ou documento substitutivo (ex: Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento ou Carteira de Trabalho ou Carteira Nacional de Habilitação) ;

 -CPF(www.receita.fazenda.gov.br) da vítima;

-Comprovante de residência (papel de água ou luz em nome da vítima) ou declaração assinada pelo beneficiário(http://setimaregional.blogspot.com/p/declaracao-de-residencia.html), fornecendo dados de endereçamento (Nome de rua, número da casa ou apartamento, bairro, Cidade, Estado, CEP), para envio de carta informando sobre o pagamento da indenização.


Quem são os beneficiários em caso de morte?

• Em caso de invalidez permanente e despesas médico-hospitalares: o próprio acidentado 

• Em caso de morte: os familiares ou herdeiros legais do acidentado

Os beneficiários do seguro DPVAT seguem a seguinte ordem quanto ao direito de receber a indenização:

em primeiro lugar, o cônjuge ou companheiro (a); na falta deste, os filhos; na falta destes, os pais ou avóse, na falta destes, por fim, os irmãostios ou sobrinhos da vítima.

Se os pais são os únicos herdeiros, além dos documentos citados anteriormente, costuma ser necessário também apresentar, além da documentação individual de cada herdeiro, uma declaração de Únicos Herdeiros, com duas testemunhas, informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira, e a certidão de Nascimento da vítima.

Quero saber sobre um pedido de indenização já aberto. Como faço?

Clique aqui para consultar o serviço Acompanhe o seu Pedido de Indenização ou algum dos canais gratuito do Fale Conosco DPVAT:

  • SAC 0800-0221204
  • Atendimento Online
  • Email
  • O DPVAT está também nas redes sociais: Facebook, Twitter e YouTube

fonte: http://www.dpvatseguro.com.br adaptado por Franklin Basilio; BlogDoBasilio/SetimaRegional

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s