Rafinha Bastos e as sátiras continuam!!!

Rafinha Bastos segue ironizando sua suspensão do “CQC”. Após as fotos publicadas em seu perfil, na segunda-feira (3/10), ele produziu um vídeo com a participação do ator Fernando Muylaert, repórter do programa Eliana, e do blogueiro Rodrigo Fernandes, do Jacaré Banguela.

Segundo a colunista Keila Jimenez (Folha de S.Paulo), parte dos integrantes do “CQC” não gostou do afastamento de Rafinha Bastos. Além disso, Marco Luque, que se manifestou desfavorável ao colega de bancada em nota para a imprensa, não é visto com bons olhos.

No sábado, Danilo Gentili defendeu o humorista e mandou um recado. “Sempre enxerguei algo mais significativo sendo construído por um comediante linchado por falar merda do que por um queridinho por puxar sacos”, escreveu em seu perfil no Twitter. Horas depois, o comentário foi apagado.

Ainda na Folha de S. Paulo, uma reportagem afirma que a Band estuda limitar a presença de Bastos no “CQC” a quadros gravados. É uma forma de controlar o que o humorista diz.

Flávio Ricco, colunista do UOL, revelou que Marcus Buaiz não descarta ações cíveis e criminais contra Bastos e a Band por ofensas a Wanessa Camargo e ao seu filho.

O marido da cantora e seu sócio, o ex-jogador Ronaldo, ameaçaram tirar anunciantes do “CQC”. A atração é líder de faturamento na emissora e cobra R$ 130 mil por comercial de 30 segundos. Já um merchandising pode custar de R$ 240 mil a R$ 2,4 milhões, sem incluir cachês.

O episódio, pelo visto, não terminará com a suspensão. Muita água vai correr sob esta ponte.

fonte: yahoo  com @alerocha

“E nessa brincadeirinha Rafinha tá ganhando uns extras por fora devido o seu afastamento do CQC. Ou vocês acham que ele faria vídeos prórprio bolso só pra atormentar??”