2 mil tornozeleiras eletrônicas em 2012 para presos na PB; Quem vai fiscalizar?

Segundo o secretário, a medida será usada para tirar dos presídios pessoas que tem capacidade de ressocializar.
O secretário da Administração Penitenciária da Paraíba, Harrison Targino, conversou com a redação do Paraiba.com e revelou que até o primeiro trimestre do ano de 2012 o sistema penitenciário da Paraíba deve contar com duas mil tornozeleiras eletrônicas.
O aparelho permite que o preso, na verdade, fique “solto”. Com a tornozeleira, o indíviduo é facilmente localizado pelas autoridades, sendo assim, fica sob vigília, mas sem deixar de exercer atividades que possam ajudá-lo a se reintegrar na sociedade.
Segundo o secretário, a medida será usada para tirar dos presídios pessoas que tem capacidade de ressocializar, “não queremos misturar situações impares como se fossem iguais. Infelizmente é isso que acontece em todo o Brasil. Eu costumo dizer que no nosso país se prende muito e se prende mal”, disse.
Paraiba.com.br
Portal Bananeiras Online
_______________________________________
Primeiro. Foi dito acima que no País se prende muito e se prende mal. Será que quer dizer que a polícia prende inocentes também?? Então porque a justiça não é feita prendendo esses policiais corruptos?
Segundo. As tornozeleiras é um sistema muito usado nos Estado Unidos onde existe equipes para monitorar esses presos por monitoramento. Como será no Brasil se exite áreas que nem celular têm? Como será a fiscalização se nem agentes penitenciários suficientes as cadeias brasileiras possui? Quem vai impedir de que os apenados quebrem as tornozeleiras?
Enfim Brasil gosta de copiar muitas coisas dos Estados Unidos desde que beneficie a bandidagem. Cadê que copia as leis mais rígidas? A tolerância Zero. O direito do cidadão de bem possuir a arma que quiser e seria utilizada numa guerra para defender seu país?
Alguém quer comentar??